um dia em metz

Um dia em Metz – França

Metz é uma cidade muito lindinha no Nordeste da França na região da Lorena (Lorraine). Um dia em Metz é o ideal para ver tudo o que a cidade tem a oferecer. De TGV (Train de Grand Vitesse – Trem de alta velocidade) é possível chegar de qualquer região da França, principalmente Paris, demorando cerca de uma hora e meia.

O passeio neste um dia em Metz começa desde a própria Gare de Metz (estação de trem). A antiga Gare, considerada muito pequena para o papel militar que Metz exercia perante o império alemão da época, foi substituída por esta a partir de 1908. O estilo chamado “Luz e Ar” do arquiteto berlinense Jürgen Kröger faz a estação parecer uma igreja (ou o castelo de Hogwarts rs) por fora e por dentro pode-se observar detalhes riquíssimos.

Gare de Metz

Assim que se sai da Gare pode-se ver umas faixas no chão coloridas em amarelo, roxo e verde. Essas faixas fazem parte de um projeto turístico que divide a cidade em vários percursos que variam dependendo do interesse do viajante. Sendo o amarelo referente a Robert Schad, roxo fala sobre arte de rua, verde mostra os jardins e em vermelho fica a parte histórica e mais linda da cidade. Eu comecei pela amarela e fui conhecer o Centre Pompidou (porque queria visitar uma loja que adoro – Primark) e os Jardins de Jean-Marie.

Voltei em direção a Gare, e comecei a fazer o percurso verde. Passei pela Place de la République e Esplanada, e ainda passei pelo Palais du Governeur.

Depois disso, tomei meu caminho em direção ao circuito vermelho para ver o centro histórico e estava tão animada para conhecer. A Cathédrale Saint-Étienne, construída entre 1220 e 1520 (sim, 300 anos!!), é uma grande obra do estilo gótico. 40 metros de altura e 6500 metros quadrados de vidro nas janelas fizeram da catedral a “Lanterna de Deus” no século XIX.

Metz

Alguns detalhes da Catedral de Saint-Étienne

O percurso roxo conta com obras no estilo grafiti como essa abaixo encontrada na Place de la République. Ainda perto daí existe um centro comercial aberto com várias lojinhas e restaurantes (de todos os preços e gostos). A noite, como em várias cidades francesas no verão, há um show especial chamado Constellations, mas não pude assistir devido ao horário de volta do meu trem.

Vale a pena conhecer Metz? Vale se você estiver com tempo sobrando e quiser conhecer uma cidade diferente e pertinho de Paris sem gastar muito.

Gostou deste post sobre um dia em Metz? Leia também:

Segredos de Berlim

Barcelona sem gastar muito

O que fazer em São Petersburgo – Russia

Gostou do blog? Não perca nenhuma novidade: Siga @qualquerlatitude e curta nossa página no Facebook!


Bruna é paulista e adora o caos paulistano diário. Estuda engenharia ambiental na USP e fez intercâmbio em Nancy na França. É apaixonada por natureza e ecologia. É amante de experimentar boa comida, falar de Disney e descobrir novas culturas. Virginiana precavida leva na mala sempre tudo o que pode precisar, uma dose de empolgação e uma pitada de irresponsabilidade, no seu ponto de vista, essa é a melhor receita para explorar o mundo! Instagram @allweneedtonightislove

5 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: