novo normal

O Novo Normal

No último ano falamos muito sobre o “Novo Normal”. Vivemos um longo período de quarentena, mudamos nosso estilo de vida e com as vacinas estamos começando ver um fim nesta era dentro de casa. Durante algumas aulas de logica de consumo que tive de Marketing, algumas ideias vieram a minha cabeça sobre como será a vida pós COVID-19. Muitos hábitos já mudaram completamente. É estranho pensar que há um ano atrás o trabalho remoto, por exemplo, não era bem visto, e hoje percebemos que é tão produtivo ou até mais do que o trabalho presencial. A nova forma de trabalhar é uma das mudanças que beneficia muito quem quer viajar e trabalhar ao mesmo tempo e permite, até mesmo, uma carreira internacional sem sair de casa.

Sem toque

No último ano evitamos qualquer toque desnecessário. Essa mudança na forma de pensar e agir trouxe algumas tendências consigo: A utilização de “alexas” aumentou e ambientes se automatizaram. A maioria das reuniões
passaram a ser online principalmente entrevistas. As compras online bombaram, gerando um super crescimento em alguns setores do mercado.

Isso demonstra uma mudança nas pessoas e nas empresas. Hoje em dia vejo que mais da metade das pessoas do meu trabalho não se limitam a morar no país onde a empresa esta fisicamente. Muitas pessoas voltaram para seus países de origem ou simplesmente resolveram trabalhar remoto em um novo lugar. E cada vez mais isso será uma realidade. Para empresas as fronteiras ou a localização geográfica não será mais um fator eliminatório na hora de contratar. Desse jeito, além dela conseguir um escritório que funcione 24h sem ninguém estar trabalhando de madrugada, a empresa também crescera em termos de cultura e conhecimento.

Educação e o novo normal

Estudar poderá ser cada vez mais online. Já que desta forma podemos ter acesso a conteúdos no mundo inteiro e professores de varias regiões, enriquecendo a formação, massificando o processo de venda dos cursos e assim gerando cada vez mais acessibilidade a uma educação de qualidade por menos custo tendo o mesmo prestigio de
algo presencial.

Para aqueles que falam várias línguas, o conhecimento não tem mais fronteiras. De dentro da sua casa será possível trabalhar e estudar em vários lugares deste mundão.

Gostou deste post? Nos siga no Instagram e leia também:

Dicas para aprender uma nova língua

Cursos online para fazer na quarentena

Aline Bartel tem 23 anos, é designer gráfico e está cursando MBA com foco em Branding. Atualmente está morando em Frankfurt, trabalhando como designer em uma empresa alemã. Começou a carreira em 2016 trabalhando no setor de Merchandising na Disney durante o International Disney College Program. Depois disso alavancou a carreira com trabalhos em startups, agência de publicidade e como freelancer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: