Como aproveitar o Carnaval pelo Brasil

Em 2021, após mais de um ano de pandemia da Covid-19, uma luz surgiu no fim do túnel: depois de muita luta foi anunciada a vacina contra esse vírus e, lentamente, a chance de voltarmos ao nosso dia a dia se torna mais real. Amantes de grandes eventos podem sonhar em voltar a frequentar shows, relembrar aquela viagem que foi deixada de lado pela pandemia ou até reencontrar amigos e familiares. Um assunto que volta à tona aos poucos é o Carnaval, uma época do ano que permitia que as pessoas fizessem tudo que o coronavírus impediu: sair com amigos, aglomerar, beijar, tudo isso sem medo algum. Essa matéria tem como objetivo relembrar alguns dos melhores destinos para o Carnaval pelo Brasil para se passar essa época do ano. Torcendo para que essas dicas sejam válidas para quando esse tipo de evento for possível novamente, dá uma olhada:

São Paulo – SP

Quando pensam no Carnaval paulista, muitas pessoas logo lembram do Sambódromo do Anhembi, cheio de gente, carros alegóricos e muito samba, certo? Sim! Porém, essa não é a única forma de se divertir terras paulistanas. A cada ano que passa, há um aumento de blocos de Carnaval na cidade, que passam por grandes avenidas animando a população. A publicitária Sarah Campos, que há 3 anos é ritmista da bateria da X9-Paulistana, é uma amante da festa: “aqui tem programas para todos os gostos e idades, seja em bloquinhos, em bares ou no sambódromo, sempre tem uma festa à espera”, afirmou.

Sarah durante durante o ensaio geral para o Carnaval de 2019
Foto: Sarah Campos/Arquivo pessoal

Quem vai aos blocos em São Paulo não se esquece e tem diversão garantida e para todos os gostos, você só precisa escolher o seu tipo de bloco. Mas, caso você prefira levar a família para ver toda a beleza do desfile das escolas de samba, Sarah explica o sentimento: “Estar ali no sambódromo no dia do desfile é sentir a emoção do samba–enredo na pele, é ver a alegria no rosto das pessoas na arquibancada, é se emocionar ao atravessar os portões e deixar a lágrima rolar no fim de tudo”. Bonito, né?

Rio de Janeiro RJ

O Carnaval do Rio de Janeiro, assim como em São Paulo, tem todo tipo de festa para quem gosta da folia. Você pode passar no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, em blocos de rua, se divertindo em bares com amigos e família ou na praia. A gerente de relacionamento com o cliente Ana Carla Quintero viajou para o Rio de Janeiro para aproveitar os blocos de rua na cidade. “Viajei com algumas amigas de São Paulo para o Rio e fomos em alguns blocos, no último dia, por estamos cansadas, resolvemos aproveitar a praia”. Vale lembrar que, no Rio, alguns blocos costumam começar mais cedo do que em São Paulo, então é sempre bom conferir o horário da concentração para não perder o início da festa.

Carnaval
Desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro
Foto: Pat_scrap/Pixabay
Ana Carla deu algumas dicas para quem vai aproveitar o Carnaval no Rio de Janeiro:
  1. Se possível, organize sua viagem para chegar um dia antes na cidade, para aproveitar as festas desde o início sem se atrasar.
  2. Escolha o tipo de bloco que corresponde com a sua expectativa: grande ou pequeno, bloco que se movimenta ou fica parado. Pense também no público e no tipo de música do evento.
  3. Leve uma pochete ou doleira para guardar apenas o essencial.
  4. Se hidrate sempre, no Rio de Janeiro faz muito calor.
  5. Vá de tênis, se for em um bloco que anda pela cidade, provavelmente vai de deslocar muito.
  6. Use o metro, é a melhor forma de deslocamento durante essa época do ano. Não esqueça de manter seu bilhete carregado.
  7. Se alimente! Se você for um folião raiz, provavelmente vai ficar o dia todo fora, então precisa se manter de pé.
  8. Leve boné/viseira, protetor e óculos de Sol. Costuma fazer muito Sol durante o Carnaval.

Salvador – BA

Na Bahia, o Carnaval é diferente dos já citados. A festa acontece principalmente em três circuitos de shows que percorrem as ruas da cidade: o Circuito Osmar, o mais antigo, que percorre o centro de Salvador. O Circuito Dodô acontece à beira da praia, ligando a praia da Barra até a praia Ondina (o famoso circuito Barra/Ondina). E o Circuito Batatinha, no Pelourinho, onde o carnaval é realizado à moda antiga, com bailes de máscaras, bandas de fanfarras e onde se concentram afoxés e outras manifestações culturais locais. Os blocos de Carnaval também marcam presença em Salvador, se não quiser participar desses três grandes circuitos, você pode aproveitá-los.

Carnaval
Durante o Carnaval, as ruas do Pelourinho são tomadas de foliões
Foto: digasalinas/Pixabay

A jornalista Regina Célia Passos, que é apaixonada pelo Carnaval da Bahia e fã da Ivete Sangalo, disse que desde pequena prometia a si mesma que iria para o evento na Bahia. E ela cumpriu a promessa. “Fui com uma amiga do trabalho que é expert em carnaval de Salvador. A energia é surreal! O quanto as pessoas estão felizes, curtindo em uma mesma vibe, de bem com a vida naquele cenário é maravilhoso”, afirmou. Quando perguntada se voltaria para a Bahia no Carnaval, ela brincou: “Com certeza! Eu ainda preciso ver um show da Ivete no trio antes que ela aposente”.

Regina também deu uma dica valiosa para quem quer participar do Carnaval de Salvador: “Uma coisa que faz a diferença é se hospedar perto do começo do circuito, porque você economiza com o deslocamento. Eu fiquei em um hostel na Barra, há 5 min do inicio do circuito. A gente ia a pé, fazia o trajeto Barra-Ondina atrás do trio e voltava de moto taxi”.

Olinda – PE

O Carnaval de Olinda, assim como Salvador, é um pouco diferente do Sudeste. Lá, a cidade se transforma em uma festança a céu aberto, com maracatu, caboclinho, ciranda e coco-de-roda reunindo os amantes da festa. Os clássicos bonecos gigantes, que desfilam pelas ruas da cidade, também tem presença garantida. Depois de muito agito, música e dança, a festa termina na quarta-feira com o tradicional desfile do Bacalhau do Batata – fundado por um garçom que não aproveitava os dias de folia devido ao trabalho.

Carnaval
O Centro histórico de Olinda fica cheio durante o Carnaval
Foto: viagemdossonhos/Pixabay

A designer de interiores Margarida Maria de Souza viajou de São Paulo para Pernambuco para conhecer o Carnaval de Olinda com duas amigas do Recife. Ela destacou alguns pontos que fazem o Carnaval de Olinda ser especial e algo único: “a alegria, a tradição folclórica da cultura pernambucana e a tradição dos blocos, compostos por alegorias, bonecos e a vestimenta própria do carnaval. Além de vivenciar os blocos de maracatu e frevo!”.

Margarida ainda deu algumas dicas para quem for conhecer a cidade durante o Carnaval:
  1. Procure por pousadas que sejam em casarões do século XVII – possuem uma arquitetura e vista incríveis.
  2. Tire um dia para conhecer a cidade, vale muito a pena visitar o museu de Olinda e o Palácios dos Governadores.
  3. A culinária da região é incrível, vale a pena mergulhar de cabeça.
  4. Conheça as praias!
  5. Uma das dicas mais importantes: se estiver interessado em assistir o desfile dos Blocos dos 4 Cantos, é essencial fazer uma reserva antecipada de alguma janela dos imóveis com localização nos 4 cantos. O desfile ocorre em ruas antigas e estreitas. Os espectadores não podem ficar na calçada por onde os blocos passam.

Com essas dicas e depoimentos, você está mais do que apto para escolher onde vai passar o próximo Carnaval, assim que tudo voltar ao normal.

Gostou deste post com destinos para o Carnaval pelo Brasil? Leia também: Como aproveitar sua festa junina durante a quarentena. Aproveite para dar uma olhada no nosso Instagram @qualquerlatitude.

Paranaense de nascimento e paulista de criação, é jornalista e repórter do Qualquer Latitude. Tem 24 anos e, como um bom aquariano, ama viajar e conhecer as novidades que estão acontecendo por aí. Não vive sem Carnaval, ama tocar em bateria de escolas de samba e não sabe andar na rua sem parar para brincar com um cachorro. Começou a escrever em 2015 e nunca mais parou, ama fazer matérias sobre viagens, turismo e apresentar esse mundo para seus leitores. Atualmente, Gabriel é analista de mídias sociais. Instagram: gabrielgameirog

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: