Como viajar sozinha em segurança

Como viajar sozinha em segurança

Já falamos aqui no Qualquer Latitude sobre a coragem de viajar sozinha. É claro que, infelizmente, alguns países não são muito seguros para uma mulher viajando sozinha, e em alguns casos do Oriente médio ainda não aceitam este tipo de viagem. Mas a boa notícia é que em geral o mundo está mudando, e tomando alguns cuidados é bem tranquilo ser mulher, viajante e exploradora. Se você nunca viajou sozinha, este post é para você, dicas de como viajar sozinha em segurança. 

*Pesquise antes de viajar

Parece uma dica óbvia mas pesquisar o que outros viajantes falam sobre o país, a cidade e até mesmo a região em que você vai se hospedar é fundamental para uma viagem segura. Às vezes economizar na escolha da região da cidade pode ser um “barato que sai caro”. 

*Observe os moradores da região

Se eles andam tranquilamente durante a noite, muito provavelmente a região é segura. Porém se poucas pessoas saem a pé é um bom sinal para evitar também.

*Não fique distraída no celular

Parece um conselho óbvio, principalmente para quem mora no Brasil, mas é muito fácil se deixar levar contando as novidades no whatsapp ou até mesmo seguindo o google maps. Quando estiver andando na rua preste atenção no que está acontecendo ao seu redor e evite fones de ouvido, curtir os sons da cidade faz parte da viagem.

*Leve um chip de viagem

Não tem como negar, nós somos dependentes do celular e ter um que funciona pode ser fundamental. Tenha sempre em mão aplicativos como o google maps, uber e horários de ônibus e metrô, contatos de emergência, o endereço de onde você está ficando e, se possível, compartilhe sua localização com alguém de confiança. Muitos planos já inclui alguns dias de uso internacionalmente, mas caso você precise de um chip o OMeuChip tem 15% de desconto com o código Qualquer Latitude!

*Tenha uma bolsa/mochila que seja difícil de abrir

Até mesmo em países que em geral são seguros, batedores de carteira são muito comuns. Ter uma bolsa com bastante zíperes até chegar em dinheiro e documentos, uma mochila que fecho nas costas ou até mesmo uma forma de amarrar diferente que dificulte para este tipo de ladrão abrir é uma ótima forma de evitar dor de cabeça com este tipo de acidente.

*Leve seu próprio cadeado

Esta vale principalmente para quem vai ficar em Hostels. Alguns não fornecem o cadeado mas tem armários que podem ser trancados. E, mesmo para os que fornecem, ter seu próprio cadeado é uma segurança adicional. O mesmo vale para malas, não custa nada fechar a sua com um cadeado, não é mesmo?

*Hostels com quarto feminino

Vários hostels oferecem a opção de quartos femininos Priorize estes na hora de viajar, ficar em um ambiente só com mulheres é sempre uma segurança adicional. Já contamos uma experiência em hostels femininos aqui no blog!

*Saia em grupos

Quando for sair a noite, uma ótima opção são os pub crawl, mini excursões entre bares da cidade. Além de ir com um guia local, o que torna o passeio mais seguro, é uma ótima oportunidade de fazer amigos!

*Free Walking Tours

Muitas cidades oferecem gratuitamente tours a pé, na mesma lógica que a saída noturna, andar em um grupo acaba sendo mais seguro do que perambular sozinha por aí, sem falar que os guias sempre chamam atenção para vários detalhes na cidade!

*Viajando de ônibus

Quando for viajar de ônibus, principalmente durante a noite, ache uma loja, lanchonete ou um local com várias pessoas para esperar o horário do embarque e sente próximo ao motorista ou a saída de emergência. 

*Trocando dinheiro

Na hora de trocar dinheiro procure agências credenciadas, nunca troque com locais! Exija sua notinha. Você não quer ser vista saindo de um lugar onde as pessoas normalmente saem com dinheiro durante a noite sozinha. Se conseguir uma agência dentro de um shopping por exemplo é ainda melhor!

*Não aceite comida ou bebida de estranhos

Parece óbvio mas às vezes nos deixamos levar pela boa vontade de um nativo para oferecer algo típico da região. 

*Viaje com seguro viagem

Principalmente sozinha, estar com seguro é essencial. Não economize neste quesito.

*Se vista como os locais

Não chamar muita atenção com jóias caras em lugares em que os locais não usam muito, ou evitar roupas muito justas/muito abertas em países que isto não é muito culturalmente aceito ajuda a não levantar a bandeira de turista. Afinal, usar uma roupa muito diferente do que as pessoas do lugar usam é mais ou menos como sair com uma câmera profissional no pescoço no Rio de Janeiro, indica na hora que é turista.

Lugares que já fomos sozinhas: 

YasPriBru
-Suécia-Peru-França
-Alemanha-Espanha-Alemanha
-Espanha-Italia-Bélgica
-Austrália-Suíça-Reino Unido
-Estados Unidos-Uruguai-Estados Unidos
-França-Chile-Canadá

-Argentina-Itália

-Bolivia

Yasmin Graeml criou o Qualquer Latitude em 2013 durante um intercâmbio de High School na Austrália, jornalista e apaixonada por contar histórias adora dar conselhos de viagem e preparar roteiros para os leitores do blog!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: