O que fazer em Foz do Iguaçu

O que fazer em Foz do Iguaçu?

Quem nunca quis conhecer umas das 07 maravilhas naturais do mundo? Foz do Iguaçu é tão bonita e atrativa quanto falam. Eu passei 04 dias na cidade e descobri o que fazer em Foz do Iguaçu explorando vários pontos turísticos.

Fiquei hospedada no Resort Grand Carimã. Ele fica bem localizado próximo as Catarata do Iguaçu, Parque das Aves e o Marco das Três Fronteiras. Além de ter um conforto muito grande com piscina, academia, bar, restaurante e serviço de quarto. Os quatros dias que fiquei hospeda no hotel deu R$406,50*, sendo que o café da manhã estava incluso. 

Cataratas do Iguaçu parte brasileira

Quem não conheceu, tem que passar por lá um dia. O lugar é supreendente, não é a toa que é uma das 7 maravilhas do mundo. 

Além da beleza natural, trilhas, passeios separados, o lugar tem muita história do Brasil e da Argentina.

O ingresso custa R$50,00* para brasileiros.

Macucu Safari

Dentro das Cataratas, eu fiz um passeio chamado Macucu Safari. Ele é  a parte e com um bote, você passo por dentro das quedas d’água. 

O mais legal é que para chegar até o local, você acaba fazendo uma trilha de jipe e conhece mais sobre a história e o bioma do local. 

Esse passeio custou R$289,00*. 

Parque das Aves

Quem ama o mundo dos pets, tem que visitar. É uma experiência incrivél, pois você fica pertinho de diferentes tipos de aves em um lugar solto. 

O passeio foi custou R$60,00*.

Hidroelétrica Itaipu

A cidade de Foz é bastante conhecida pelas Cataratas, mas um passeio que me surpreendeu muito foi a visita pela Itaipu. 

O lugar além de ser grande você começa a entender toda a ligação de Foz do Iguaçu, Paraguai e Argentina. Foi um passeio importantissimo para aprender a história. 

Lá dentro eu fiz três visitas: Itaipu Refúgio Biológico paguei R$30,00, Itaipu Visita Panorâmica que foi R$42,00* e Itaipu Ecomuseu R$18,00*. 

Além desse passeio, tem uma visita a noite, porém por conta da pandemia estava fechado e eu não consegui fazer. 

Mesquita e Templo Budista

Os templos são locais incríveis. Lá você aprende sobre as crenças e culturas, além de ter uma energia incrível. 

A Mesquita estava fechada, mas tem uma responsável que explicou sobre as crenças deles. 

No Templo Busdista, eu consegui entrar e conhecer.

Marco das Três Fronteiras

Para finalizar meus passeios, no último dia eu fui no Marco das Três Fronteiras. O local tem o Marco Brasil, Argentina e Paraguai. 

Durante o final da tarde, eles tem apresentações sobre os três países.

Esse foi um dos luguares mais baratos que visitei, teve o custo de R$33,00.

*Valores de 2021

Está indo para Foz? Leia também:

Brasil: 7 dicas para quem vai para Foz do Iguaçu

Um final de semana em Foz do Iguaçu

Heloisa é jornalista, repórter do Qualquer Latitude e como uma boa aquariana adora inventar coisas novas como viajar, ouvir histórias, ler e escrever. Você pode encontrar a Helô - como gosta de ser chamada - em todas redes sociais compartilhando um pouquinho do seu dia a dia. Sonha em fazer um mochilão conhecendo novas culturas, pessoas e ter novas experiências. @heloisa_negrao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: