Vale a pena visitar os campos de concentração de Auschwitz?

Confesso que nunca sonhei em visitar os campos de concentração de Auschwitz. Na verdade, acho que a maioria das pessoas não se sente a vontade pensando no assunto ou visitando o local onde tudo ocorreu. Porém, um dia antes de ir a Cracóvia (uma das maiores cidades perto dos campos de concentração da Polônia), alguns amigos me aconselharam a visitar os campos de concentração de Auschwitz e foi uma experiência que eu recomendo para outros viajantes.

Em alemão, escrito na entrada do campo de Auschwitz, “o trabalho liberta”

Visitar os campos de concentração de Auschwitz começa com a seleção de um guia. Fomos pela GetYourGuide e recomendamos muito! Segurança na compra e garantia que vai ter o que deseja já que todos os passeios contam com comentários de quem já fez. Basta buscar seu passeio e escolher o preço e horário que mais lhe interessa.

campos de concentração de Auschwitz

A visita começa em Birkenau, um campo vizinho a Auschwitz, onde milhares de europeus, principalmente judeus, foram cruelmente mortos. Estima-se que 1.5 milhões de pessoas morreram dentro desses campos.

Barracões e cercas dentro do campo de Birkenau

Boa parte de Birkenau foi destruída logo após a Segunda Guerra Mundial. Assim, o que vemos ao visitar os campos de concentração de Auschwitz e Birkenau é uma reconstrução fiel às construções dos anos 40. Nosso guia, que foi fundamental para bem entendermos, nos disse que essas “demolições” são uma maneira de separar o conceito do que foi feito pelo “nazista alemão” e do que alemão que existe hoje faz. Como nenhum dos executores foi punido, seus filhos vivem entre nós, mas quer-se alegar constantemente que não existem mais nazistas na região. É um passado que, com certeza, querem esquecer.

campos de concentração de Auschwitz

Ao visitar os campos de concentração de Auschwitz em si é mais impressionante. Milhares de malas e qualquer tipo de item pessoal eram confiscados e hoje estão em exposição para enaltecer a brutalidade que existia por lá. Nessas áreas da exposição não podemos tirar fotos, porém são salas e salas. Até os cabelos das mulheres eram cortados para a fabricação de tecidos durante a guerra.

Câmeras de gás
campos de concentração de Auschwitz

Visitar os campos de concentração de Auschwitz impressiona? Muito. Vale a pena? Demais. É com o passado que conseguimos aprender, não cometer os mesmos erros e caminhar juntos à plena burocracia.

Aqueles que não lembram do passado são condenados a repetí-lo.

Gostou desse post sobre visitar os campos de concentração de Auschwitz? Leia também:

Eurail: Um passe de trem para toda a Europa?

Custo de vida na Alemanha

O que não pode faltar na mala de mochilão

Bruna Martines Apaixonada pelo mundo (principalmente se for o mundo Disney, mas pelo de Harry Potter também) Estudante de Engenharia Ambiental na USP em graduação sanduíche na École des Mines de Nancy Instagram @allweneedtonightislove

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: