Summer Job

Summer Job em universidades, já ouviu falar?

Viajar, conhecer um novo local, uma cultura diferente, estilo de pessoas diferentes, ou seja, sair da zona de conforto e buscar novidades. Eu sempre tive essa vontade, desde pequena pensava quais locais eu iria conhecer sozinha, acompanha, quais eu iria para estudo, trabalho ou descanso. A pandemia, me fez refletir muito sobre isso, principalmente nas questões de planejamento. Buscando o melhor processo para mim, eu acabei encontrando um programa que não é tão longo, comparado com um pós-graduação, graduação ou mestrado, mas você consegue aprender muito, além de fazer um networking muito bom: o Summer Job em uma universidade. 

SUMMER JOB 

Basicamente, o Summer Job é um trabalho de verão, ele é bastante comum nas universidades, já que grande parte dos estudantes tiram férias, os laboratórios ficam vazios e os professores necessitam de um auxílio. Porém, ele também pode ser conduzido dentro de algumas empresas. 

Para participar de um processo seletivo é mais simples do que você pensa, afinal diferente da graduação, mestrado e doutorado, você não precisa fazer prova de proficiência em inglês – isso não quer dizer que você não precisa saber a língua do país que vai aplicar. 

Para fazer sua aplicação é necessário, buscar e-mails dos professores nas universidades que deseja aplicar. Isso é mais simples do que parece, pois tem nos sites. É importante nesse momento ver a linha de pesquisa do professor, se se encaixa no seu objetivo. 

Um passo importante é escrever uma carta de motivação, contando um pouquinho sobre sua história e o que levou a buscar o Summer Job em universidade.  Também é importante montar o seu currículo, eu recomendo você focar nos seus estudos e trabalhos que fazem sentido para o trabalho que está buscando junto com o professor. 

Depois disso, é só enviar. A próxima fase desse processo é uma entrevista. O professor entrará em contato e agendará com você. Nessa fase, é fundamental ser mais transparente e estudar bastante os artigos e linha de pesquisa do professor. 

Dentro das empresas, o processo é bastante semelhante, a única coisa que você não buscará professores e geralmente as empresas abrem esses programas no Likedin ou pela própria AIESEC

Um ponto bem legal sobre o Summer Job é de que você pode participar voluntariamente ou ganhando um pequeno auxílio para você se manter.

Este post faz parte do BEDA- Blog Everyday August 2021 para não perder nenhuma novidade nos siga no instagram e siga #BedaViajante

BEDA- Blog Everyday August

Heloisa é jornalista, repórter do Qualquer Latitude e como uma boa aquariana adora inventar coisas novas como viajar, ouvir histórias, ler e escrever. Você pode encontrar a Helô - como gosta de ser chamada - em todas redes sociais compartilhando um pouquinho do seu dia a dia. Sonha em fazer um mochilão conhecendo novas culturas, pessoas e ter novas experiências. @heloisa_negrao

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: