Obra de arte

O dia em que virei uma obra de Arte

Já contei sobre a Aline algumas vezes aqui no blog, minha melhor amiga desde sempre (temos um mês e um dia de diferença) que é super talentosa e me apoiou muito desde o começo com o blog. Hoje eu vim contar de quando ela me transformou em obra de arte

Foi ela que desenhou a logo do Na Terra dos Coalas e do Qualquer L’atitude, elas foram feitas a mão, e depois de três anos morando no Japão ela está em Curitiba porém se preparando para ir estudar artes em Londres no ano que vem.

Neste curto período no Brasil ela está ampliando seu portfólio e trabalhando no projeto “Do you need me to draw it for you?” que mostra o quão complexo o ser humano é através de várias linhas curvas desenhadas pelo corpo.

Eu fui a primeira modelo e cobaia. Alguns dias antes ela se pintou e me mandou uma foto de como ficaria. Escolhemos o prata como cor principal e a roupa que eu iria usar. No dia foram mais de duas horas me pintando (ela escolheu uma péssima modelo porque eu sinto cócegas até com o ar), quase perdemos a luz do sol mas deu tudo certo. As fotos ficaram maravilhosas porém na hora de tomar banho levei um susto enorme, minha sobrancelha começou a sair junto com a tinta.

Eu só conseguia pensar: “nunca mais vou sair de casa”. Não julgue meu drama, você não sabe dar valor a sua sobrancelha até ver ela saindo na Cola Colorida. Eu também não tinha certeza se deveria contar ou não o que aconteceu para a Aline, foi um acidente artístico e eu não queria que ela se sentisse culpada. Ao mesmo tempo ela precisava saber que a cola prateada era mais forte para não acontecer de novo.

No meio do meu desespero minha mãe ligou para a Mônica Costa, designer de sobrancelha e ela, em um domingo à noite, foi passando instruções por telefone de como tirar a cola com o menor estrago possível. Também me encaixou no primeiro horário na segunda feira. Logo depois do almoço eu já estava no salão Mulher Plena e ela reconstruiu minha sobrancelha perfeitamente, só quem sabia notava que estava um pouquinho mais escura.

Com sobrancelha e fotos maravilhosas eu estou muito orgulhosa do trabalho da Aline. Tanto as minhas fotos quanto as dos outros modelos estão maravilhosas e vão estar em esposição na Mostra Individual De Dentro para Fora de Aline Kunzel nesta quinta feira no Espaço da Arte em Curitiba

Yasmin Graeml criou o Qualquer Latitude em 2013 durante um intercâmbio de High School na Austrália, jornalista e apaixonada por contar histórias adora dar conselhos de viagem e preparar roteiros para os leitores do blog!

31 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: