manter a viagem de julho

Não manter ou manter a viagem de julho: eis a questão

Julho é um mês que muitas pessoas, principalmente estudantes, resolvem viajar. Para muitos uma viagem internacional já está organizada e as vezes até mesmo paga. E no meio da confusão que estamos vivendo vem a pergunta: Devo manter a viagem de julho em meio a pandemia do Covid-19? Essa pergunta tem isso feita por milhões de pessoas, é seguro manter a viagem de julho? É viável? Não tem resposta certa, nem apenas uma resposta possível, então, para respondê-la temos que analisar caso a caso e a situação global também:

1. Previsões para julho

O ministro Luiz Henrique Mandetta disse nodia 20 de março em entrevista por videoconferência tais palavras: “no mês de julho, ela (curva de Covid-19 para o Brasil) deve começar o platô (ponto mais alto de estabilização). Em agosto, esse platô vai começar a mostrar tendência de queda e aí a queda em setembro é uma queda profunda”. Porém, esta é uma previsão para o Brasil, pelo mundo podemos ver casos diferentes, e, é claro, podemos esperar cenários melhores também.

2. Situação no seu destino

Particularmente, conheço pessoas que programavam ir à Itália que optaram por não manter a viagem de julho. O mesmo esta acontecendo com países com muitos casos, já que todos estamos acompanhando em tempo real a evolução da pandemia. Mas vale lembrar quem em países que o problema começou antes, é esperado que a curva se estabilize antes!

Portanto, o importante é monitorar a situação no seu país de destino e esperar atualizações.

3. Flexibilidade das companhias aéreas

Como já mencionamos aqui no blog, LATAM, Gol e Azul estão com flexibilidade para viagens nesses período. Você manter a viagem de julho, mas em outro mês. No entanto, fique atento às condições de alterações, lembrando que no momento, a maior parte dos voos para esta época do ano estão confirmados e as companhias, em sua grande maioria, ainda não estão remarcando.

4. Recomendações e cancelamentos

Por enquanto, ainda não temos muitas definições para julho. Por isso, fique em casa e espere recomendações da sua agência de turismo, companhia aérea ou recomendações governamentais. Faça o isolamento social e ajude a combater a pandemia de Coronavírus.

Considerações finais

Por ora, fique em casa! Além disso, continue analisando as possibilidades para sua viagem e espere chegar mais perto de julho para decidir ou não manter sua programação original. Vale também analisar a sua condição de saúde e a das pessoas que estão viajando com você! E se puder, não cancele a sua viagem, apenas remarque para um momento mais seguro.

Bruna Martines Apaixonada pelo mundo (principalmente se for o mundo Disney, mas pelo de Harry Potter também) Estudante de Engenharia Ambiental na USP em graduação sanduíche na École des Mines de Nancy Instagram @allweneedtonightislove

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: