Dicas para quem vai a Machu Picchu

Um patrimônio cultural e natural da Unesco, você provavelmente já ouviu falar de Machu Picchu. Quer saber se é uma viagem que vale a pena? Pode ter certeza que sim! Machu Picchu é de fato um lugar espetacular! Localizado na cidade de Águas Calientes, no Peru, você pode chegar até essa lá por trilhas ou de trem – que foi a minha escolha. Vale pontuar que o trajeto entre Cusco e a cidade é muito lindo!

Uma cidade 100% turística, repleta de lojas, restaurantes e acomodações, serve tudo o que precisamos para curtir a aventura! Você pode ir para Machu Picchu a pé ou de ônibus – os ônibus saem com uma grande frequência e você escolhe o horário que pretende subir. Eu optei por ir bem cedo, para tentar aproveitar mais o dia e curtir com menos pessoas ao redor. 

Tempo nublado ao chegar em Machu Picchu
Foto: Priscila Conte/Arquivo Pessoal
Chegada a Machu Picchu

Ao chegar ao topo, estava chuvoso e nublado, mas, como um passe de mágica, em menos de 10 minutos o tempo se abriu completamente e tive a melhor experiência possível nesse lugar, que é repleto de energia positiva! A localização é conhecida por ser um portal de energia, por isso falam que é um local tão incrível, além de ser um belíssimo tesouro deixado pelos Incas.

Para chegar até lá é obrigatório entrar com um guia, você pode contratar um assim que chegar. Eles esperam juntar um número certo de pessoas para seguir viagem! A companhia de um guia foi muito boa para ter algumas explicações das ruínas que não teríamos se fossemos sozinhos.

Após o Sol abrir em Machu Picchu
Foto: Priscila Conte/Arquivo Pessoal

Um dica importante para quem quer conhecer Machu Picchu é: vá o mais rápido possível! Já ouvi falar algumas vezes que podem cancelar as visitações dentro das ruínas porque isso está prejudicando a paisagem. Então corra! Afinal, até o momento, não sabemos ao certo se fecharão para a visitação!

Outro ponto que vale ressaltar, é que o local tem muitos degraus e inclinações. Então a locomoção não é tão fácil para quem tem algum tipo de dificuldade, idosos ou crianças pequenas. 

Ruínas de Machu Picchu
Foto: Priscila Conte
O Retorno

Depois da visita, você precisa voltar, e como diz o ditado: para descer todo Santo ajuda. Na hora de comprar a passagem de ônibus, você pode escolher se a passagem é apenas de ida ou de ida e volta. Mas fique atento, o caminho é bem íngreme e com paralelepípedos se chover, talvez seja mais interessante e seguro que a volta seja feita de ônibus.

Machu Picchu me encantou, assim como todo o Peru! Um país lindo, com uma gastronomia fantástica e pessoas de bem com a vida! Segui viagem voltando a Cusco e depois para Lima. Ambos destinos que me encantei e que gostaria muito de voltar em algum outro momento no futuro!

Leia também dicas de como viajar sozinho e em segurança.

Este post faz parte do BEDA- Blog Everyday August 2021 para não perder nenhuma novidade nos siga no instagram e siga #BedaViajante

BEDA- Blog Everyday August

Psicóloga, responsável pelo apoio psicológico do Qualquer Latitude. Entrou no Qualquer Latitude para escrever sobre seu intercâmbio voluntário na Polônia e nunca mais parou! Depois disso vieram inúmeras histórias e viagens por Qualquer Latitude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: